A amora selvagem escondidas por aí nas silvas que crescem livremente nos campos e muros, é mais um dos presentes dos Deuses pelas suas imensas propriedades e benefícios para a saúde e beleza da pele

Nos seus passeios lembre-se de levar uma caixa de plástico para as apanhar, já maduras porque não amadurecem depois de colhidas, mas tenha muita atenção não apanhe as amoras em lugares poluídos como em bordas de estradas com muito transito. Poluídas perdem as suas boas características e ao consumi-las vai ingerir metais pesados e outros venenos

Caracteristicas

  • Muito rica em fibras, Vitamina C e em antioxidantes
  • Vitamina E, A, B1, B2, B3, Ácido Fólico, Potássio, Fósforo, Ferro, Magnésio, Manganésio, Selénio, Zinco, Cobre, Cálcio, e não só.

Beneficios

  • Melhora o trânsito intestinal e combate a diarreia.
  • Reduz os níveis de colesterol no sangue.
  • Ajuda a prevenir a arteriosclerose, a melhorar a visão, a combater as infecções.
  • É diurética porque expulsa do organismo as toxinas que provocam as doenças do aparelho urinário e dos rins
  • Aumenta a defesa contar o frio e como tal são uma protecção contra as doenças provocadas pelo mesmo.

Como a amora está carregada de minerais, é um tónico muscular muito forte, dando energia, combatendo as caímbras e as doenças das articulações.
A amora é deliciosa mas é nas folhas, caules e raízes das silvas de que nascem, que as suas características estão potencializadas. O chá de folhas das silvas, que nos dão as amoras selvagens, ajuda a combater a diabetes porque regula o nível de glicemia no sangue, pois  impede que todo açúcar ingerido seja absorvido. Também é muito bom para a gota

É indicado para os mais velhos, porque ajuda a prevenir o AVC e as doenças degenerativas crónicas. Os sintomas ?da menopausa podem ser atenuados, como também previne problemas da tiróide.

Duas versões do chá de Amora sem contra indicações

A mais forte
1 a 2 colheres das de chá de folhas secas apanhadas das silvas silvestres, da raiz em pó ou pó da casca.
Colocar tudo a ferver em cerca de 33ml de água, (uma pequena garrafa de água)

A mais light
1 litro de água, junte 3 folhas de amora, ferva 5 minutos, deixe arrefecer e beba 3 chavenas por dia.

E como ainda apetece coisas frescas as amoras em batido, com leite, ou iogurte com um pouco de mel fazem uma óptima opção para um snack entre as refeições principais.

Para quem não quer ou não pode apanhar folhas, caules, raízes e amoras, encontra tudo seco nas ervanárias.
As amoras congeladas também são boas.

Para fazer batidos sumos, geleias, doces etc tem que utilizar as amoras enquanto congeladas e contar com a agua que libertam pela descongelação

Tabela de valor Nutricional
Por 100 g

Água 88,1 g
Calorias 52 kcal
Gordura 0,39 g
Proteínas 0,32 g
Hidratos de carbono 12,7 g
Fibras 5,6 g
Potássio 196 mg
Fósforo 40 mg
Ferro 0,57 mg
Magnésio 20 mg
Manganésio 1,29 mg
Selénio 0,6 mg
Zinco 0,27 mg
Cobre 0,14 mg
Cálcio 32 mg

Durante as próximas semanas vamos "guardar" o sol do Verão fechado em frascos de doce, compotas e geleias. Excelente forma de conservar as características dos frutos do Verão que passou, e aproveitar ainda o bom tempo que temos para preparar um Outono suave e tranquilo, e começar a pensar em aumentar as nossas defesas imunitárias para encarar o Inverno.
Se relerem as anteriores crónicas do Health & Beauty blog, publicadas em www.quintadesaojose.com encontrarão "dicas" para prevenir e ajudarem a combater importantes desordens do equilíbrio do organismo, como a diabetes, o colesterol a gota, a obesidade.

Sejam saudáveis, belos e felizes... aproveitem a vida!!!

a 2016-09-05 22:00:00
  • amora
  • silvestre

Comentários (0)

Deixe o seu comentário